Espanhol Inglês Francês Alemão Italiano Português Russa

(Tradução automática)

Análise da relação entre o estado de conservação do pavimento, consumo de combustível e emissões veiculares

Elena GONZÁLEZ DE LA PEÑA
Adjunto Técnico Geral

Jacobo DÍAZ PINEDA
Diretor Geral 

Associação Espanhola de Estrada

Sumário

Este artigo resume os resultados de testes reais realizados na estrada, com veículos leves e pesados, com o objetivo de avaliar quanto mais combustível é consumido ao se dirigir em uma estrada em mau estado, bem como as emissões associadas que são geradas. No caso do veículo leve, as diferenças no consumo médio de combustível foram 3,5% menores nas situações de estradas recém pavimentadas, enquanto, no caso do veículo pesado, a redução foi de 4%. O estudo permitiu quantificar que a melhoria do estado de conservação do pavimento das estradas interurbanas espanholas permitiria, numa hipótese conservadora, poupar quase 600 milhões de litros de combustível e 1,5 milhão de toneladas de CO2 por ano. O trabalho foi realizado com a colaboração de Becsa, Eiffage Infraestructuras, Mercedes, Ponle Freno e Probisa.

PALAVRAS CHAVE

Emissões, Conservação, Consumo de combustível, Repavimentação.

Associação Espanhola de Estrada
Goya, 23 - 4º direito.
28001 - MADRID (Espanha)
Tel.: (34) 91 5779972
Email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Seguimos em:

Os cookies nos permitem oferecer aos nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso de cookies. Consulte a política de cookies