Espanhol Inglês Francês Alemão Italiano Português Russa

(Tradução automática)

Viabilidade de melhoria da legislação relativa aos sistemas de retenção para crianças na América Latina e no Caribe

FUNDACIÓN MAPFRE
Julho Laria Vas
Médico
Chefe da Segurança Rodoviária

Monclús Jesus Gonzalez
Médico
Responsável por Estudos de Segurança Rodoviária

Angela Sordo Prellezo
Chefe de Projetos Internacionais de Segurança Rodoviária

Gonzalo Rodríguez FOUNDATION
Pilar Prieto Heredia
Executive Assistant Área de Segurança Rodoviária

Daniel Alessandrini
graduado
coordenador estatística 

Maria Florencia Ferrigno
licenciado
assistente de estatística 

Rosa Gallego
Técnico
Diretor executivo 

Eugenia González Presto
Contadora
Coordenador de Projetos

Sumário

Estima-se que entre 5.000 e 7.000 0 14 para crianças morrem a cada ano na América Latina e no Caribe (ALC), como resultado de acidentes de trânsito. Muitos passageiros de carros que viajam sem a proteção oferecida pelos sistemas de retenção para crianças. Este estudo analisa a viabilidade de melhorar a legislação relativa à utilização obrigatória de cadeiras de criança em cinco países da região (Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai), considerada representativa da região LAC inteiro. O estudo analisa as seguintes dimensões fundamentais: a legislação, de mercado e de informação. Como resultado final, o estudo propõe um modelo para a região sobre a legislação assentos de carro infantis e várias ações a nível geral e específica de cada país. O estudo fornece um roteiro para melhorar os passageiros do carro de segurança infantil na ALC.

PALAVRAS CHAVE

cadeiras para crianças, sistemas de retenção para crianças, a legislação, a América Latina eo Caribe, ALC.

Associação Espanhola de Estrada
Goya, 23 - 4º direito.
28001 - MADRID (Espanha)
Tel.: (34) 91 5779972
Email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Seguimos em:

Os cookies nos permitem oferecer aos nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso de cookies. Consulte a política de cookies