Espanhol Inglês Francês Alemão Italiano Português Russo

(Tradução automática)

Calibração e validação de modelos de mobilidade de transporte

Luigi dell'Olio
Hernán Gonzalo Orden
Departamento de Engenharia Civil
Universidade de Burgos

Ángel Ibeas Portilla
José Luis Moura Berodia
Departamento de Projetos e Processos de Transporte e Tecnologia
Universidade de Cantabria

Sumário
Demanda Modelo clássico Mobility Transporte de Passageiros considerar, dentro de sua estrutura, a fase do Modal Partition. Este passo calcula a proporção de passageiros que utilizam diferentes modos de transporte disponíveis em uma rede para fazer as suas viagens. Este estudo é a estimativa de modelos desagregados desta fase com dados mistos preferência declarada (PD) e Preferências Reveladas (PR) coletados na cidade de Cagliari, Itália. As alternativas consideradas são: trem, carro e ônibus para o PR e treinar contra o carro, e treinar contra o autocarro para o DP. O modelo proposto determina a influência relativa de cada uma das variáveis ​​nas funções de utilidade, concluindo que tanto o ônibus e o modo de trem, conforto e freqüência são variáveis ​​que têm um peso maior. No caso do carro, a variável que tem maior importância é o número de carteiras de motorista por agregado familiar. Os indivíduos percebem o tempo de caminhada e tempo de viagem igualmente, que é encontrado que os parâmetros associados a estas variáveis ​​têm o mesmo valor.

PALAVRAS CHAVE
modelo logit, preferências declaradas, revelou preferências, escala, de transporte urbano, modelo matemático, modelo de mobilidade.

Associação Espanhola de Estrada
Goya, 23 - 4º direito.
28001 - MADRID (Espanha)
Tel.: (34) 91 5779972
Email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Seguimos em:

Os cookies nos permitem oferecer aos nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso de cookies. Consulte a política de cookies