Espanhol Inglês Francês Alemão Italiano Português Russa

(Tradução automática)

Unidade Internacional de Inovação UII-Tecniberia

Araceli GARCÍA NOMBELA
Engenheiro Superior (UPM) e MBA (IE)
Diretor de Sistemas de Gestão e Inovação Tecniberia (28014 Madrid)

Jose Ramón Jiménez IGLESIAS
Vice-presidente da Tecniberia (28014 Madrid)
Comissão Setorial de Serviços Tecnológicos

Sumário
A evolução que o sistema espanhol de I & D & I sofreu na última década permite que seja considerado uma ferramenta de competitividade. Prova disso é o aumento considerável dos recursos dedicados: os gastos espanhóis em I&D 0% do PIB em 79, 1995% em 1.

Comparando a situação espanhola com a dos 27 países da UE, segundo dados da OCDE, em 2005 o esforço total de I&D (despesa interna total com I&D em percentagem do PIB) em Espanha foi de 1,12 , 1,74% em comparação com 27% na UE-XNUMX. O instrumento europeu de financiamento da I&D é o Programa-Quadro, cujo principal objectivo é melhorar a competitividade através do financiamento fundamental de actividades de investigação, desenvolvimento tecnológico, demonstração e inovação ao abrigo de um regime de colaboração transnacional entre empresas e instituições de investigação.

A nível nacional, o instrumento é o plano EUROINGENIO, que visa garantir que os recursos obtidos pelo nosso país através do FP7 atinjam 8% (FP6, 5%)

Uma ferramenta de implementação são as International Innovation Units, escritórios de projetos europeus, cuja missão é informar, aconselhar e apoiar a apresentação de propostas ao FP7 gratuitamente.

Palavras chave: Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação, Tecnologia, Unidade Internacional de Inovação.

Associação Espanhola de Estrada
Goya, 23 - 4º direito.
28001 - MADRID (Espanha)
Tel.: (34) 91 5779972
Email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Seguimos em:

Os cookies nos permitem oferecer aos nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso de cookies. Consulte a política de cookies