O sector rodoviário estuda a capacidade das florestas para absorver as emissões do tráfego (imagens)


mesa de abertura, a partir da esquerda. para a direita:. Miguel Mª Muñoz. AEC Presidente; Inigo de la Serna, prefeito de Santander; Jose Maria Mazon, diretor de Obras Públicas; Planejamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano do Governo da Cantábria; Francisco Martin, Ministro do Meio Ambiente do Governo da Cantábria, e José Ignacio Pardo, relator-geral do Congresso.


Relator Geral, José Ignacio Pardo


Jacobo Diaz, diretor-geral da ACS (extrema direita), com José Maria Mazon e José Ignacio Pardo no stand do Governo da Cantábria observando Mapa de Interpretação Ambiental da Rede Rodoviária de Cantabria, realizado pela AEC e Fundação MAPFRE.

Os cookies nos permitem oferecer aos nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso de cookies. Consulte a política de cookies